html templates

Nosso serviços

Composta por equipes de venda, instalação e manutenção com grande experiência, temos a finalidade de oferecer a nossos clientes, trabalhos com segurança, qualidade e responsabilidade. Investimos no constante treinamento e aperfeiçoamento de nossos técnicos

Elétrica e manutenção

- Quadros de distribuição
- Qaudros de comando
- Iluminação
- SPDA
- Cabine primária

Sistema de combate de incêndio

- Splinklers
- Detector de fumaça
- Central de alarmes
- Hidrantes
- Bombas de hidrantes

Bombas, motores e equipamentos

- Monta carga
- Compressores
- Bombas hidráulicas
- Motores elétricos
- Talha

Ar condicionado

- Higienização/limpeza de filtros
- Placas eletrônicas
- Compressores
- Carga ou recarga de gás

Informações:

O Plano de Manutenção, Operação e Controle (PMOC) trata-se de uma exigência da Portaria nº 3.523/98 do Ministérios da Saúde para garantir um ambiente saudável para os usuários de uma empresa. A falta do mesmo pode resultar em multas para a organização e coloca a saúde dos usuários da edificação em risco. Por isso, é necessário que todas as etapas no planejamento das atividades sejam cumpridas.

Para te auxiliar, listamos alguns fatos que precisam de cuidado dobrado na aplicação do PMOC para evitar imprevistos. Veja a seguir:

Peso jurídico do PMOC

Qualquer erro no processo de aplicação do PMOC pode causar problemas no sistema de refrigeração da organização e pode prejudicar a saúde de quem utiliza a infraestrutura. No entanto, não ter esse plano de controle, descontinuá-lo ou não segui-lo à risca, pode comprometer a empresa judicialmente.

O descumprimento total ou parcial do PMOC implica em penalidade prevista pela Lei nº 6.437/77. Entre elas estão: advertência, multa, apreensão de produto, inutilização de produto, interdição de produto, suspensão de vendas e/ou fabricação de produto e interdição parcial ou total da organização.

Não seguir a lei pode resultar em multas que vão de R$ 2 mil a R$ 200 mil e até mesmo o cancelamento do alvará de funcionamento. Por isso é muito importante seguir todas as etapas da manutenção estabelecidas no seu plano e mantê-lo sempre.

Aplicação do PMOC

Definidas as atividades a serem realizadas no sistema de ar-condicionado, é fundamental dar atenção às exigências do Ministério da Saúde, para que aplicação seja correta. Fique atendo à:

– identificação do ambiente ou conjunto de ambientes;

– identificação do proprietário, locatário ou preposto;

– identificação do responsável técnico;

– projeto de instalação do sistemas de climatização;

– o Plano de Manutenção e Controle.

O plano deve apresentar a descrição dos aparelhos e sistemas que devem ser verificados e a periodicidade, datas de execução e as assinaturas do responsável técnico e do aprovador.

O tempo de realização das manutenções pode variar conforme a complexidade do sistema de ar-condicionado e da infraestrutura da empresa. Portanto, a Portaria não estabelece uma frequência exata de recomendação da periodicidade, mas na prática é comum aplicá-lo a cada 60 dias. É o intervalo que garante a eficácia da manutenção, mantendo a performance do equipamento em dia e evitando corretivas.

Responsável técnico registrado

Esse profissional determina quem será o responsável pela implementação e gestão do PMOC. É recomendável que ele seja registrado em um órgão regulador, como no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA). No entanto, não é obrigatório, pois pessoas qualificadas podem executar as atividades do PMOC, desde que a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) esteja assinada por um engenheiro com especialização em Segurança no Trabalho ou outro profissional registrado.

Histórico das atividades de manutenção do sistema de ar-condicionado

Todas as etapas de manutenção de climatização devem gerar um histórico, pois esses documentos são de suma importância para garantir que a legislação está sendo seguida. A perda de qualquer um deles pode representar a ausência de uma confirmação importante do comprometimento da empresa com que manda a lei.

Em vista disso, o histórico precisa estar completo e organizado, com os procedimentos executados, informando a data de realização e a assinatura dos responsáveis.

Equipe de manutenção

Os colaboradores encarregados da aplicação do PMOC podem ser da própria organização ou terceirizados. Essa escolha não interfere na legalidade do plano, desde que eles atendam a todos os requisitos para desempenhar a atividade em questão. Além disso, esses profissionais são os encarregados de disponibilizar os dados necessários das etapas de manutenção, criando o histórico das máquinas e do sistema.

Tecnologia otimiza as atividades do PMOC

Para manter o PMOC em dia, evitando qualquer descuido com os processo de manutenção, é indicado contar com um software de gestão de controle. A ferramenta centraliza e disponibiliza de forma organizada todas as informações relacionadas ao sistema de ar-condicionado, para que a equipe responsável faça um trabalho otimizado.

Visto isso, fica claro que o PMOC não se trata apenas de uma ação para manter-se protegido dos imprevistos jurídicos, mas sim para manter o bem-estar dos usuários da edificação, o que interfere diretamente na performance da realização da atividade principal da empresa.

Faça uma análise da infraestrutura e do sistema de refrigeração da sua empresa e conte com o Leankeep Service para realizar um bom Plano de Manutenção, Operação e Controle, seguindo todas as exigências à risca e de forma otimizada. Solicite uma demonstração do nosso software!   

Adotar estratégias para reduzir os gastos com a operação de uma empresa é um desafio constante para o gestor responsável por este setor. Afinal, despesas baixas indicam máquinas em bom funcionamento e produção no ritmo certo. Confira a seguir os principais custos da manutenção predial e saiba como reduzi-los:

Quais são os custos da manutenção predial?

Os custos gerados pela manutenção são todos os serviços, materiais e equipes que englobam a mão de obra. Ferramentas, peças de reposição, depreciação de equipamentos, entre outros itens e serviços que fazem os diferentes setores de uma empresa funcionarem bem e, que impactam no caixa do negócio por uma falha.

As organizações utilizam equipamentos semelhantes, e quando atuam na mesma área os sistemas são quase idênticos. No entanto, cada empresa tem sua cultura organizacional, sua própria dinâmica e métodos para produzir de forma mais competitiva. E, naturalmente, elas estão sujeitas a falhas, quebras e precisam lidar com trocas de peças e ajustes periódicos.

Desta forma, a organização que faz o uso mais eficiente do setor de manutenção predial tende a reduzir custos significativos, evitando as corretivas e mantendo a alta qualidade do serviço. Por essa razão, uma manutenção efetiva é aquela que trabalha constantemente para otimizar seus processos e reduzir custos.

Como identificar os custos de manutenção de uma empresa?

Realizar o levantamento dos custos pode ser um desafio, caso a empresa não possua um sistema específico para controlar todos os processos do seu dia a dia. A primeira etapa é dividir os custos do negócio da seguinte forma:

Custos diretos

São aqueles que envolvem a mão de obra, ferramentas, peças de reposição, serviços e insumos.

Custos indiretos

Esses gastos são resultados da depreciação de equipamentos e de prejuízos causados pela interrupção de uma atividade, conhecido como lucro cessante.

Custos induzidos

Esses são relacionados aos impactos nos processos produtivos ou no caixa da empresa. Muitas vezes são resultado de uma falha no setor de manutenção.

Essa divisão facilita a organização das informações mostrando a origem dos gastos. No entanto, caso os métodos utilizados para centralizar e mensurar esses dados sejam obsoletos, como controles impressos e/ou planilhas, abrem muito espaço para falhas e desentendimentos.

A melhor forma de ter dados confiáveis é contar com a tecnologia. Uma ferramenta especializada que registre todos os processos e custos da manutenção, proporcionando uma gestão eficiente dos recursos do setor.

Como um software de Gestão Predial pode reduzir os custos da manutenção?

Um sistema para gestão online permite que todo o setor de manutenção seja acompanhado com os dados reais de cada ativo, gerando relatórios e controles confiáveis. Ele trabalhará facilmente os indicadores importantes, que fazem diferença nas tomadas de decisões, apontando despesas, produtividade, mensuração de tempo, entre outros.

Com as soluções da ferramenta, todos os custos envolvidos na manutenção se tornam mais fáceis de levantar, controlar e de rastrear o histórico. Isso porque um software de qualidade faz o uso inteligente dos itens, das atividades e dos chamados cadastrados, transformando, em tempo real, os dados coletados de cada ativo em informações relevantes, identificando os pontos críticos que merecem atenção imediata. Um software ainda promove um gerenciamento da manutenção com foco na melhoria contínua da infraestrutura, pois fornece um histórico de todos os serviços realizados, formando uma base sólida de tudo que é feito pelo setor, apontando as mudanças e corretivas mais apropriadas.

Um software dá ao gestor o acesso simples e rápido às informações mais importantes favorecendo tomada de decisões mais assertivas e tudo isso na palma da mão, via smartphone, seja online ou offline.

É uma estratégia e uma organização para elevar o desempenho da sua equipe. Consequentemente, em um curto prazo, a gestão dos custos de manutenção se tornará mais eficiente melhorando o desempenho da sua empresa, tornando-a cada vez mais competitiva e gerando valor aos negócios.   

Sabe aquele enorme problema causado pela instalação elétrica? Então, ele poderia ter sido minimizado. Mas, devido a falta de limpezas, reapertos e inspeções acabam causando grandes prejuízos.

Ou seja, realizar a manutenção elétrica é fundamental para residências, condomínios e grandes empreendimentos, sendo tão importante para precaução como para o bom funcionamento de aparelhos eletrônicos instalados, além de garantir segurança e bem-estar de todos que circulam pelo local.

Vantagens da Manutenção Preventiva

Aumento na economia

Agendar inspeções e fazer diagnósticos de equipamentos e redes elétricas, ajudam a detectar problemas simples com antecedência. Dessa forma, os gastos com consertos e mão de obra são menores, pois ainda serão pequenos e, em sua maioria, fáceis de resolver. Quando não é diagnosticado, podem ocasionar estrago em outros equipamentos e sua resolução sair mais cara do que o previsto.

Segurança patrimonial e de funcionários

Contar com um programa de manutenção preventiva, é garantir a diminuição de riscos de incêndios e problemas com as instalações elétricas, trazendo segurança ao local, às pessoas que ocupam o espaço e os equipamentos utilizados.

Confiança nos sistemas elétricos

Inspeções feitas no local, aumentam a confiança nos sistemas elétricos e reduz a possibilidade de falhas nos equipamentos, o que garante que o trabalho não seja interrompido e os prazos sejam cumpridos.

Quais as diferenças entre manutenção elétrica corretiva, preventiva e preditiva?

A manutenção corretiva é feita quando o problema já ocorreu e é necessário que os reparos sejam feitos imediatamente.

A manutenção preventiva é a verificação dos sistemas e equipamentos elétricos, de modo a localizar qualquer possível problema e resolvê-lo para que tudo permaneça em ordem e não acarretem em perdas e danos maiores.

A manutenção preditiva, semelhante à preventiva, acontece em setores industriais para monitorar o funcionamento dos maquinários, podendo prever quando deverá ser feita a manutenção elétrica. Desta forma, reduz custos e evita troca frequente de equipamentos.

Como um software de gestão predial pode auxiliar

Através de um software de gestão predial, é possível facilitar, além de elétrica, o controle de sistemas de ar condicionado, iluminação, hidráulica e muito mais.

Identificar problemas e solucioná-los também se torna muito mais rápido, pois é possível envolver desde o colaborador até o fornecedor, para acompanhar todas as necessidades da empresa.

E o mais importante para a manutenção preventiva: emitir relatórios e ver o histórico dos equipamentos cadastrados, controle de gastos e indicadores de consumo, que auxiliam na tomada de decisões.

Compromisso com a Qualidade

Composta por equipes de venda, instalação e manutenção com grande experiência, temos a finalidade de oferecer a nossos clientes, trabalhos com qualidade, segurança e responsabilidade.

A SEDE FORTE se preocupa com o cumprimento de prazos de entrega, procurando sempre atender antecipadamente as necessidades de nossos clientes.

Prestamos serviços de automação residencial, contrato de manutenção preventiva e corretiva para residências, comércio e condomínios, instalação e manutenção de ar condicionado e instalação elétrica. Mão de obra especializada.

Grande São Paulo e Litoral Norte

Siga nossas Redes Sociais